Geral Mundo

Casal tem bebê por meio de barriga de aluguel e depois abandona filha em outro país; veja

O casal teve a criança no ano passado, na Ucrânia, depois de contratar uma barriga de aluguel. No entanto, deixou a menina com a babá e voou de volta para a Itália. Agora, a babá está sendo forçada a entregar a criança para adoção

19/11/2021 00h16
Por: Diogo Costa Fonte: Mirror
A menina, agora com 16 meses, estava sob os cuidados da babá e foi criada como sua própria filha (Foto: Reprodução/Mirror)
A menina, agora com 16 meses, estava sob os cuidados da babá e foi criada como sua própria filha (Foto: Reprodução/Mirror)

Um casal usou uma barriga de aluguel para ter uma bebê, mas a abandonou em outro país — a 2.400 quilômetros de distância. Segundo o site Mirror, em agosto do ano passado,  quando a criança nasceu, os pais viajaram para a Ucrânia. Mas, por razões desconhecidas, a dupla retornou ao seu país natal, a Itália, deixando a recém-nascida para trás, aos cuidados de sua babá. Embora tenham prometido voltar, nunca mais retornaram para buscá-la. A menina, que tem 16 meses, foi cuidada pela babá que a criou como sua própria filha.

Preocupada com as repercussões legais, recentemente, a babá contatou o consulado italiano para relatar que não tinha mais condições de cuidar da criança. As autoridades italianas do Ministério Público Juvenil conseguiram localizar os pais e confirmar que o casal não pretendia levar a filha de volta. Agora, um tribunal determinou que a menina deve ser encaminhada para a adoção.

Na semana passada, o Serviço de Cooperação Policial Internacional (SCIP) coordenou com o Consulado da Itália na capital ucraniana, as providências para que o bebê fosse levado à Itália e encaminhado para adoção. Uma equipe formada por funcionários da Cruz Vermelha italiana, incluindo um pediatra e uma enfermeira voluntária, viajou para a Ucrânia para levar a menina para a Itália. A criança foi levada de avião para Malpensa, no dia 11 de novembro, onde atualmente está sendo cuidada por uma família adotiva.

Carolina Casini, pediatra voluntária da Cruz Vermelha italiana, disse ao tribunal que o bebê havia dormido em seus braços durante toda a viagem. Embora a equipe tivesse medo de encontrá-la em más condições e carente emocionalmente, eles descobriram que a menina estava em "boas condições" e que "a babá que cuidava dela a amava muito e cuidava muito dela", disseram.

A babá teria ficado com o coração partido com a notícia e entregou até fotos para os pais adotivos temporários da menina. A última recomendação da babá ao inspetor que levou a criança de volta para a Itália foi: “Ela come banana, dá uma inteira para ela”. Não está claro se os pais biológicos enfrentarão processo por supostamente abandonar sua filha bebê na Ucrânia.

A Ucrânia está entre um grupo de países em que a barriga de aluguel é legalizada. No entano, um vídeo chocante divulgado no ano passado mostrou quase 50 bebês nascidos de barriga de aluguel amontoados em um dormitório de um hotel, em Kiev, pois as restrições da covid impediram seus pais de buscá-los. 

Os pais do Reino Unido, EUA, Itália, Espanha, França, Israel, Alemanha, China, México, Romênia e outros países pagaram pelos serviços de uma organização, mas a pandemia fez com que os países fechassem suas fronteiras. Enquanto isso, os bebês foram cuidados por funcionários em uma chamada "fábrica de bebês".

Amarante - PI
Atualizado às 09h23 - Fonte: Climatempo
30°
Pancada de chuva

Mín. 25° Máx. 36°

32° Sensação
11.7 km/h Vento
54.4% Umidade do ar
80% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (08/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias