Banner topo
Polêmica

Equatorial notifica consumidores sobre corte no fornecimento de energia menos de 36 horas após o vencimento da fatura

A medida adotada pela Equatorial tem gerado revolta entre os consumidores.

Blog do Diogo Costa

Blog do Diogo Costa Denúncias e divulgações (86) 99570-7210

01/12/2019 15h57
Por: Diogo Costa / Portal C7
Fonte: Canal 121
Reprodução / Divulgação
Reprodução / Divulgação

A pressa para receber o valor referente a fatura de energia elétrica do consumidor utilizada pela Equatorial Energia do Piauí não é a mesma que a empresa utiliza para atender as demandas dos consumidores em caso de falta de energia ou oscilação de tensão nas residências, bairros ou comunidades. A empresa adotou a medida de notificar os consumidores sobre o corte no fornecimento de energia menos de 36 anos horas após o vencimento da fatura.

Uma consumidora da cidade de Água Branca, que prefere não ter a identidade revelada, procurou a reportagem para denunciar o caso. Ela informou que a fatura de sua residência venceu na última quinta-feira, dia 28 de novembro, e já no sábado (30) pela manhã logo cedo, recebeu um funcionário da empresa fazendo a cobrança da fatura e informando sobre o corte no fornecimento da energia elétrica.

Para a consumidora, a medida utilizada pela Equatorial tem gerado grande desconforto nos consumidores, uma que vez empresa não adota medidas com a mesma pressa quando se refere ao atendimento dos consumidores, que alguns casos o prazo para o atendimento chega ser de 48 ou até 72 horas. “Minha fatura venceu no dia 28, e no dia 30 logo cedo, menos de 36 horas depois do vencimento, recebi a notificação de cobrança. Isso é revoltante, por que sabemos que a Equatorial não adota a mesma medida quando o caso é de atendimento ao consumidores. Estamos de mãos atadas e sem saber a quem recorrer”, disse a consumidora mostrando indignação.

Diversos consumidores têm reclamado também sobre o aumento injustificado no preço da energia elétrica. Em alguns caso, os aumentos foram superior a 40% em menos de três meses.

Recentemente, moradores da rua Manoel Freitas, em São Gonçalo do Piauí, emitiram nota de repúdio com pedido de providências à empresa Equatorial Energia do Piauí. Na nota, os moradores relataram que sobre a má qualidade no serviço prestado pela empresa.

A nota diz que são frequentes interrupções e oscilações do fornecimento de energia na referida rua, o que impossibilita a utilização de aparelhos eletrodomésticos como ventiladores, ar-condicionados, entre outros. Os moradores reclamaram também da qualidade no atendimento prestado à população através do atendimento virtual ou dos servidores plantonistas, no que, segundo a nota, aumenta a sensação de descaso e humilhação em relação aos consumidores.

A nota é encerrada com um pedido de providências.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários