Banner topo
Tristeza

Pai e filho morrem após tomarem dose de cachaça no Norte do Piauí

O samu chegou a ser acionado, mas os dois já estavam mortos

26/10/2019 16h23Atualizado há 4 semanas
Por: Redação Portal C7
Imagem: ilustrativa
Imagem: ilustrativa

O senhor Domingos Francisco de Araujo, de 62 anos, e o seu filho, José Jhones Gomes Araujo, de 24 anos, morreram após a ingestão de um liquido transparente, possivelmente uma cachaça envenenada, armazenada em uma garrafa plástica. O fato ocorreu neste sábado (26/10), em uma residência situada na localidade Franco, zona rural de Cocal, município da região norte do Piauí.

De acordo com informações do Blog do Coveiro, era por volta das 02h30 da madrugada quando um vizinho percebeu que a casa de Domingos, que mora sozinho, estava com a porta da frente aberta e com as lâmpadas acessas. Ao checar o que estaria acontecendo, o homem se deparou com o idoso caído no chão, debruçado sem vida e com uma garrafa contendo um líquido ao lado do corpo.

Moradores do entorno informaram o ocorrido à família da vítima que mora na cidade. Parentes e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) se dirigiram ao local, onde constataram o óbito. De início, todos acreditavam que a morte teria sido provocada de causas naturais, um possível infarto.

Às 05h30, dois filhos do senhor Domingos foram comunicar o acontecido à Polícia Militar. Enquanto os fatos eram narrados aos policiais, um deles (filho) recebeu uma ligação dando conta de que um de seus irmãos, o Jhones, tinha acabado de morrer após ingerir um pouco da bebida que estava no frasco. O Samu ainda chegou a ir ao local novamente, mas em ambos os casos as vítimas morreram antes de receberem socorro.

Uma guarnição da Polícia Militar atendeu a ocorrência, isolando a área e a mantendo preservada até a chegada das equipes do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia Criminal, que após realizarem os procedimentos, removeram o corpo para o posto do IML da cidade de Parnaíba-PI.

Os peritos recolheram dois frascos plásticos, um deles com a bebida, e colheram uma amostra de um pó branco que estava espalhado ao lado de uma geladeira para análise.

De forma preliminar, os policiais comentaram que entre as principais hipóteses de investigação estão a de morte acidental, provocada pelo senhor Domingos, que possivelmente colocou bebida alcoólica em um frasco contaminado com veneno. Outra linha de investigação é a de envenenamento intencional, feito por eventuais desafetos do idoso. Familiares descartaram a possibilidade de suicídio, afirmando que o homem era uma pessoa que vivia de forma intensa e que sempre presava pela vida.

Após os exames cadavéricos e resultados das analises colhidas pela perícia é que se terá uma confirmação de qual tipo de substância provocou as mortes. O caso será investigado pela Delegacia de Cocal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.