Banner topo
Morte

Jovem é executado a tiros em sua residência na zona Norte de Teresina

Policiais da Força Tática do 9º batalhão foram acionados até o local e realizaram os primeiros levantamentos. 

11/07/2019 08h31
Por: Redação Portal C7
Fonte: meionorte.com
Reprodução/TV Meio Norte
Reprodução/TV Meio Norte

Na noite de quarta-feira (10/07), um jovem identificado como Jemmy Guimarães, de 22 anos, foi executado com pelo menos três tiros dentro da sua própria residência na Avenida Centenário, no bairro Aeroporto, na zona Norte de Teresina. 

Policiais da Força Tática do 9º batalhão foram acionados até o local e realizaram os primeiros levantamentos. 

Segundo o sargento Januário, a vítima já estava sendo ameaçada de morte. “Ele já vinha sendo ameaçado, mais cedo a gente passou em um posto e o frentista estava me relatando que na terça-feira tentaram matar ele, mas como o pai dele interferiu junto com a mãe, os homens não conseguiram,  mas hoje eles vieram e conseguiram tirar a vida do mesmo”, declarou.

De acordo com a polícia, Jemmy estava no terraço de sua residência quando foi chamado no portão e executado. “Ele estava dentro de casa, quando dois homens em uma motocicleta chamar ele, ele já levantou dizendo: ‘não foi eu’ e os homens já foram atirando”, afirmou.

O sargento afirmou ainda que o jovem já vinha aprontando na região. “Ele sempre realizou crimes, eu mesmo já fiz a prisão dele com um Voyage roubado no Aeroporto. Se tratam das mesmas pessoas que vieram na terça tentar matá-lo. Pelo que deu para analisar no local é que ele recebeu o primeiro tiro ainda no portão, tentou correr para dentro da residência mas caiu na porta da cozinha. Foram três tiros no total”, declarou.

A perícia e o Instituto Médico Legal foram acionados até o local.

  • Jovem é executado a tiros em sua residência na zona Norte de Teresina
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.