Banner topo
Prisão

Piauiense é preso no Distrito Federal por tráfico interestadual de drogas

Em depoimento à polícia civil, o suspeito afirmou ter viajado à capital para comprar maconha e revendê-la na Região Nordeste

05/07/2019 02h11
Por: Redação Portal C7
Fonte: Correio Braziliense
Os 20 quilos de maconha estavam em uma mochila e em uma mala do suspeito (foto: PCDF/Divulgação)
Os 20 quilos de maconha estavam em uma mochila e em uma mala do suspeito (foto: PCDF/Divulgação)

A Coordenação de Repressão às Drogas da Polícia Civil do Distrito Federal (Cord) prendeu um homem de 20 anos, nesta quinta-feira (4/7), que tentava levar 20 quilos de maconha do DF ao município de Corrente, no Piauí. O suspeito foi detido dentro do ônibus, na saída de Planaltina. 

ação policial contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e foi resultado de uma operação que tinha como objetivo o combate ao tráfico interestadual. Vários ônibus foram fiscalizados pelos agentes e em um deles foi encontrada a droga dentro de uma mochila e uma mala carregadas pelo suspeito. 

De acordo com o coordenador da Cord, delegado Rogério Rezende, o homem apresentou nervosismo ao se deparar com a fiscalização. “Isso levantou suspeitas e ao verificar a bagagem, encontramos a droga”, conta. Na delegacia, o preso, natural do Piauí, admitiu que iria traficar maconha na Região Nordestina. “Ele contou que veio especificamente ao DF comprar a droga para revender e que teria perdido R$ 20 mil devido à apreensão”, detalha. 

O homem foi autuado pela prática de tráfico interestadual de drogas e, caso seja condenado, pode pegar pena de até 25 anos de reclusão. A operação que resultou no flagrante foi motivada por denúncias anônimas. “Foi por meio do 197 que chegaram os primeiros relatos do surgimento dessa rota de tráfico entre o DF e a Região Nordeste. Esse tipo de monitoramento será constante e, caso a população tenha alguma suspeita, é extremamente importante para o trabalho da polícia que faça a denúncia”, solicita o delegado. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.