Banner topo
Prisão

Empresário acusado de estuprar próprio filho é preso em Teresina por não pagar pensão

Robervani Lima é proprietário de uma rede de pizzarias na zona Leste de Teresina.

14/06/2019 14h58
Por: Redação Portal C7
Fonte: Encarando
Reprodução / Divulgação
Reprodução / Divulgação

Um empresário identificado como Robervani Lima Machado Ferro, foi preso nessa quinta-feira (13), por não pagar pensão alimentícia. O débito já chega a R$ 44 mil.

Além disso, também foi condenado há 20 anos de prisão, em regime fechado, por estupro de vulnerável contra o próprio filho. A decisão foi proferida em junho de 2018, pelo juiz Raimundo Holland Moura de Queiroz, da 6° Vara Criminal da Comarca de Teresina. No entanto, a decisão poderia ser apelada em liberdade.

Segundo reportagem da TV Meio Norte, a mãe da criança afirmou que os abusos ocorriam quando o menino tinha apenas 3 anos. A mãe relatou que percebeu que o filho estava com um comportamento estranho e, ao levá-lo em uma psicóloga, descobriu que o menino estava sendo abusado.

O caso foi levado para Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente, e o crime foi comprovado através de um exame de corpo de delito, onde foi constatado o abuso cometido pelo homem.

Robervani Lima é proprietário de uma rede de pizzarias na zona Leste de Teresina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.