Sexta, 25 de Setembro de 2020 22:42
(86) 99570-7210
Polícia Decisão

Decretada preventiva de acusados de matar o PM natural de Hugo Napoleão

A decisão foi dada pelo juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, que está respondendo pela Vara Núcleo de Plantão de Teresina, no último dia 29 de agosto.

01/09/2020 06h49
Por: Diogo Costa Fonte: GP1
Identificação do soldado
Identificação do soldado

O juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, que está respondendo pela Vara Núcleo de Plantão de Teresina, converteu em preventiva a prisão em flagrante de Samuel Ribeiro da Silva Costa e Ednaldo Pereira da Silva, ambos acusados de executarem o soldado da Polícia Militar do Maranhão, Frantiaiallo Gonçalves na última sexta-feira (28), na Avenida João XXIII, em frente a Jelta Veículos, durante uma tentativa de assalto. A decisão é do último sábado (29).

Nos autos, o magistrado destacou que a forma como o crime foi realizado reforça o desprezo pela vida da vítima e a audácia do acusado que efetuou o disparo de arma de fogo contra o PM, o que também provocou risco a outras pessoas.

Conforme o juiz, caso fiquem soltos, os suspeitos do crime não trarão tranquilidade para o meio social, e iriam voltar a praticar crimes. Com isso, o magistrado decidiu que a prisão preventiva é a melhor decisão a ser tomada.

“O modus operandi revelou grande desprezo pela vida humana, destemor e audácia, inclusive porque o acusado não se importou com o fato de efetuar disparos em local habitado, provocando, também, risco iminente à vida de outras pessoas. Destarte, é plausível que solto o acusado traga intranquilidade ao meio social, bem como venha a praticar outros crimes, sendo, portanto, a prisão preventiva medida que se impõe visando o resguardo da ordem e paz pública”, apontou o juiz.

Entenda o caso

Um soldado da Polícia Militar do Maranhão, identificado como Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva, foi assassinado com um tiro na tarde de sexta-feira (28), por volta de 16h30 em frente à Jelta Veículos, na Avenida João XXIII, na zona leste de Teresina.

Segundo a Polícia Militar do Piauí, a vítima estava esperando sua noiva na frente da Jelta Veículos, quando os bandidos que estavam em um Fiat Uno, de cor branca, abordaram o soldado e efetuaram o disparo de arma de fogo, sem conseguir levar nenhum dos pertences do soldado.

Cerca de 40 minutos depois, a PM conseguiu localizar o primeiro suspeito de participação no crime, que havia fugido a pé. Um policial à paisana, que estava a 300 metros do local do crime, conseguiu capturá-lo.

Em diligências contínuas, os policiais conseguiram encontrar o carro utilizado pelos bandidos e assim prenderam o segundo acusado de participação na morte de Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva, que foi detido na BR 343, próximo ao balão da Miguel Rosa, na zona sul de Teresina.

Já na manhã de sábado (29), o último suspeito acabou sendo preso em Água Branca. A possível arma usada no crime e o veículo foram apreendidos.

Direito de Teresina
Sobre Direito de Teresina
Notícias da Capital do Piauí
Sobre o município
Notícias de Hugo Napoleão - PI
Amarante - PI
Atualizado às 22h34 - Fonte: Climatempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 25° Máx. 38°

27° Sensação
14.2 km/h Vento
34.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (26/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Domingo (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 38°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias