Banner topo
Prisão

Acusado de matar ex-esposa na frente da filha no Ceará é preso no Maranhão

Naiana foi assassinada no dia 24 de janeiro de 2016, com seis tiros, na frente da filha que tinha três anos na ocasião.

23/08/2019 14h01
Por: Redação Portal C7
Fonte: GP1
Foto: Lucas Dias / Montagem: Portal C7
Foto: Lucas Dias / Montagem: Portal C7

A Polícia Civil do Maranhão prendeu nesta sexta-feira (23) na cidade de Timon, Francisco Eldo de Lima Araújo, de 30 anos, que é suspeito de assassinar a ex-companheira Naiana Viana Lima, de 25 anos, na cidade de Fortaleza, no Ceará.

Naiana foi assassinada no dia 24 de janeiro de 2016, com seis tiros, na frente da filha do casal, que tinha três anos na ocasião. A jovem saia de casa para pegar a filha que estava brincando na rua, quando Francisco Eldo se aproximou e realizou vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Conjunto Esperança, na cidade de Fortaleza. Após o assassinato, ele levou a filha de três anos. O criminoso teria matado Naiana porque não aceitava o fim do relacionamento.

Desde então o assassino estava foragido, mas foi preso hoje pela polícia em Timon, que deu cumprimento a dois mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.

O delegado Ricardo Herlon, do Departamento de Narcóticos de Timon (Denarc), afirmou que a prisão ocorreu após denúncias. O assassino usava outro nome e tinha um bar no Residencial Cocais. “Começamos a receber umas denúncias sobre esse indivíduo, que nós não tínhamos um nome, mas que se identificava como José. As denúncias davam conta de que ele seria um foragido do Ceará e hoje decidimos fazer uma abordagem na residência dele. Inicialmente ele se identificou como Francisco José, depois como Francisco Kléber e somente na Denarc quando os investigadores começaram a fazer os primeiros levantamentos, é que ele decidiu revelar o nome verdadeiro”, explicou o delegado.

Os policiais descobriram que o criminoso tinha dois mandados de prisão pelo assassinato de Naiana. “Com o nome verdadeiro dele, encontramos esse feminicídio praticado em Fortaleza em 2016 e encontramos dois mandados de prisão. O primeiro mandado, era de prisão temporária, expedido em fevereiro de 2016 e o outro é a preventiva expedida em maio daquele ano. Os dois pelo mesmo crime e ambos foram dados cumprimento hoje pela manhã”, disse Ricardo Herlon.

Em depoimento, após matar a ex-mulher, Francisco Eldo fugiu e foi para a cidade de Timon no final do ano de 2017 após conhecer uma mulher pela internet, com quem teve um filho e estava morando junto. A polícia descobriu que Eldo levou a filha dele com Naiana para a casa da mãe na cidade de Itapajé, no Ceará. Não se sabe se a família sabia o paradeiro da menina, que hoje está com sete anos.

  • Acusado de matar ex-esposa na frente da filha no Ceará é preso no Maranhão
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.