Banner topo
Deputado Federal

Flávio Nogueira já gastou R$ 48 mil com o aluguel de veículos

O deputado federal recebe um salário mensal bruto no valor de R$ 33.763,00 mil.

13/06/2019 14h40
Por: Redação Portal C7
Fonte: GP1
Foto: Lucas Dias/ Deputado Federal Flávio Nogueira
Foto: Lucas Dias/ Deputado Federal Flávio Nogueira

O GP1 está divulgando uma série de matérias sobre a atuação dos deputados federais. Após informar sobre as proposições legislativas apresentadas pelos deputados neste ano, agora serão informados os gastos referente a cota parlamentar e a cota de gabinete.

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT) chegou a receber auxílio moradia no valor de R$ 3.402,40 mil em fevereiro, mas não recebe mais pois faz uso de imóvel funcional desde 27 de fevereiro de 2019. O parlamentar recebe um salário mensal bruto no valor de R$ 33.763,00 mil.

Por mês, cada deputado federal tem direito a gastar R$ 40.971,77 mil da cota de atividade parlamentar. Segundo informações da Câmara dos Deputados, em cinco meses de mandato o deputado já gastou R$ 158.010,66 mil. O maior gasto tem sido com locação de veículos, foram R$ 48 mil.

Em fevereiro o gasto foi de R$ 45.558,69 mil, sendo: R$ 3.873,90 mil com manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar; R$ 472,30 com telefonia; R$ 85,06 com serviços postais; R$ 12 mil com locação; R$ 706, 12 com hospedagem fora da cidade de Brasília; R$ 5.092,29 com combustíveis e lubrificantes; R$ 5.949,97 com serviço de segurança prestado por empresa especializada e R$ 17.379,05 mil com emissão de bilhete aéreo.

Em março o gasto foi de R$ 35.402,20 mil, sendo: R$ 3.945,08 mil com manutenção de escritório; R$ 12 mil com locação ou fretamento de veículos; R$ 3.457,16 com combustíveis e lubrificantes; R$ 7.500 com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos e R$ 8.499,96 com serviço de segurança.

Já no mês de abril o valor foi de R$ 45.401,02 mil, sendo: R$ 3.666,00 com manutenção do escritório; R$ 875,87 com telefonia; R$ 12 mil com locação ou fretamento de veículos; R$ 134,28 com fornecimento de alimentação ao deputado; R$ 3.422,57 com combustíveis e lubrificantes; R$ 7.500 com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos; R$ 8.499,96 com serviço de segurança; R$ 2.029,39 com passagens aéreas e R$ 7.272,95 com emissão de bilhetes aéreos.

Em maio consta um gasto de R$ 28.037,88 mil, sendo: R$ 3.721,66 mil com manutenção do escritório; R$ 48,60 com serviços postais, R$ 119 com assinatura de aplicações; R$ 12 mil com locação ou fretamento de veículos; R$ 263,83 com fornecimento de alimentação, R$ 3.384, 83 mil com combustíveis e lubrificantes e R$ 8.499,96 mil com serviço de segurança.

Em junho, como ainda estamos no mês, consta o valor de R$ 1.492, 49 mil, sendo R$ 293,33 com manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar; R$ 200,77 com fornecimentos de atividade parlamentar e R$ 998,39 com combustíveis e lubrificantes.

Verba de gabinete

Em relação a verba de gabinete, cada deputado estadual tem direito a R$ 111.675,59 mil. Sendo que em fevereiro foram gastos R$ 105.752,54 mil e em março foram R$ 111.540,40 mil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Amarante - PI
Atualizado às 23h32
28°
Poucas nuvens Máxima: 38° - Mínima: 23°
28°

Sensação

13.8 km/h

Vento

40.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner 300 X 600
Banner sessão 1 (política) Espaço 1
Municípios
Banner sessão 1 (esportes) espaço 2
Últimas notícias
Banner sessão 1 (entretenimento) espaço 3
Mais lidas
Banner sessão 1 (cidades) espaço 4
Espaço 5