Sábado, 15 de Junho de 2024 07:09
86994340228
Gospel Explicação

Por quê Deus permite que satanás cegue as pessoas para o Evangelho? Entenda!

“Sabemos que Deus poderia ter amarrado satanás completamente no momento em que ele caiu ou em qualquer ponto da história”.

17/05/2024 00h03 Atualizada há 4 semanas
Por: Diogo Costa Fonte: Gospel Mais
YouTube
YouTube

John Piper falou sobre as estratégias de satanás para sabotar a alegria dos cristãos, levando-o a desejar desistir da vida, durante um episódio recente de seu podcast.

Continua após a publicidade
Anúncio

Um ouvinte enviou uma elaborada questão, mencionando passagens bíblicas como 2 Coríntios 4.4 e Lucas 8.12, pontuando que satanás possui “tremendo poder físico e influência sobre o mundo material”.

Continua após a publicidade
Anúncio

“A pergunta é: ‘Por que Deus deu a satanás tamanho poder para cegar as pessoas contra a glória de Cristo e para arrancar dos corações o próprio Evangelho salvador, de modo que as pessoas fiquem sem qualquer esperança de salvação?’”, questionou o ouvinte.

O pastor iniciou sua resposta afirmando que “há motivos que explicam por que satanás tem tanta autoridade neste mundo”, e lembrou que no princípio, a Bíblia não explica por que satanás está ali, e depois apresenta indícios de que ele é um anjo caído e que houve uma rebelião no céu.

Porém, isso não é uma explicação completa para a origem dele, pontuou Piper: “É muito difícil explicar por que um ser pessoal e racional — um anjo — que foi criado perfeito, encontraria um motivo para se rebelar num universo perfeito. Isso não é fácil de explicar. Não creio que tenhamos uma explicação suficiente para isso. Esse é um mistério por enquanto”.

No entanto, mesmo que não seja possível explicar completamente por que satanás surgiu, o pastor afirmou que ele existe e esteve presente desde o início da humanidade: “Sabemos que Deus poderia ter amarrado satanás completamente no momento em que ele caiu ou em qualquer ponto da história”.

Piper avançou em seu raciocínio referindo às repreensões de Jesus contra satanás e à exposição que o Novo Testamento faz da ação diabólica no mundo: “Ver e saborear a beleza superior de Cristo é a maneira de derrotarmos o maligno”.

Cegueira espiritual

John Piper entende que a permissão para atuação de satanás no mundo é parte do plano de Deus para a redenção dos que creem em Jesus Cristo: “A chave reside no fato de que se Deus tivesse eliminado satanás de modo que o único inimigo a ser derrotado fosse a nossa própria depravação humana, faltaria parte da glória do triunfo da salvação”.

“Se não houvesse satanás para nos enganar, ainda estaríamos cegos para a glória de Deus em Cristo. Não veríamos Cristo como mais belo, mais desejável do que qualquer outra coisa. Nós não faríamos. Por que? Porque somos pessoas profundamente depravadas”, propôs o pastor.

Citando Efésios 4:17-18 (“Os gentios vivem na futilidade de suas mentes. Eles estão obscurecidos em seu entendimento, alienados da vida de Deus por causa da ignorância que há neles, devido à sua dureza de coração”), Piper disse que o diabo não é o principal problema da separação entre Deus e os homens:

“Não há nenhuma palavra sobre satanás. Ele não é nosso principal problema; nós somos o nosso principal problema. Na raiz, a cegueira é a nossa dureza de coração contra Deus, produzindo ignorância, produzindo alienação, produzindo trevas na compreensão. Não precisamos que satanás seja cego. Estamos cegos por nossa própria natureza depravada”, argumentou.

Piper acredita que o texto de 2 Coríntios 4:4 “nos mostra a dupla prisão em que estamos”: “Somos duplamente sombrios. A escuridão de nossas próprias algemas em torno de nossos pulsos e tornozelos, e a escuridão das portas trancadas de satanás”.

O pastor cita o exemplo de Pedro, que na prisão, teve as mãos libertadas, porém, teve que abrir os portões e as portas: “Existem camadas de escravidão: a escuridão das nossas próprias ilusões sobre Deus — esse é um nível de escravidão e cegueira — e depois a escuridão adicional das mentiras e enganos de satanás ao nosso redor”.

Quando um pecador se rende a Cristo, Ele recebe dupla honra: “Ele vence os enganos de satanás e vence a depravação humana. E aqui está a chave que acredito ser tão crucial para explicar por que Ele nos salva assim, em vez de destruir satanás antes. Se Ele destruísse satanás antes, seu poder seria glorificado. Mas se satanás permanece e formos capazes de derrotar os seus enganos ao ver as belezas superiores de Cristo, então não só o poder superior de Cristo será glorificado, mas também a beleza superior de Cristo será glorificada”, disse Piper no podcast.

“A natureza da cegueira da nossa depravação é que achamos outras coisas além de Cristo mais desejáveis do que Jesus, mais atraente do que Ele, mais preferível do que o próprio Cristo. Essa é a essência da nossa cegueira. Somos tão corruptos que não conseguimos ver que Cristo é uma beleza superior, um valor superior, uma grandeza superior e, portanto, uma satisfação superior a tudo o mais. Em nossa depravação, estamos cegos para tudo isso”, finalizou.

Amarante, PI
Atualizado às 07h01
21°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 33°

21° Sensação
1.61 km/h Vento
66% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (16/06)

Mín. 25° Máx. 35°

Parcialmente nublado
Amanhã (17/06)

Mín. 21° Máx. 35°

Tempo limpo
Ele1 - Criar site de notícias